Prefeitura Municipal de Itajaí

17/03/2011

Prefeitura e Porto de Itajaí apresentam projeto do Complexo Náutico e Ambiental de Itajaí

A audiência pública para a construção do Complexo Náutico e Ambiental de Itajaí, a Marina do Saco da Fazenda, está prevista para ser realizada no dia 15 de dezembro. A informação foi dada pelo superintendente do Porto de Itajaí, Antônio Ayres dos Santos Júnior, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, 24. Ayres apresentou o projeto que contempla a ocupação de área de 20,81% da Baía Afonso Wippel, o Saco da Fazenda. O empreendimento já teve seus estudo e relatório de impacto ambiental (EIA-RIMA) concluídos e está em fase de consulta pública. Já o edital para contratação do estudo de viabilidade técnica-financeira teve suas propostas abertas nesta quarta-feira, 24, sendo a empresa NCA Engenharia, Arquitetura e Meio Ambiente SS Ltda. a que apresentou o menor preço. “A construção desta marina é um antigo anseio da comunidade de Itajaí e agora estamos dando forma ao projeto, que é de responsabilidade da Superintendência do Porto de Itajaí, pelo fato da baía estar inserida na área do Porto Organizado”, explica o superintendente. Ayres ressalta que a obra será um importante empreendimento e deverá ser realizada pela iniciativa privada, conforme determina a Lei de Modernização dos Portos [uma vez que será edificado em área de concessão]. Os investimentos giram em torno de R$ 30 milhões e serão aplicados em infraestrutura terrestre e aquaviária, áreas de apoio, centro comercial náutico, áreas de lazer, entre outras que compreenderão o complexo. “Serão obras que gerarão o menor impacto ambiental possível, bem como a exploração da marina, que ainda contribuir para a conservação ambiental do local”, acrescenta Ayres. Presente na coletiva, o prefeito Jandir Bellini diz que a construção de uma marina em Itajaí é um antigo anseio da comunidade que começou a ganhar corpo o ano passado, quando surgiram as primeiras discussões acerca da obra. “O que estamos fazendo agora é criando condições para que a marina seja construída”, acrescenta Bellini. O projeto também vem ganhando amplo apoio da sociedade organizada e conta com apoio especial do presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, Luiz Carlos Pissetti. Pesquisa realizada em universo de 104 itajaienses entre os dias 30 de julho e 8 de setembro, abrangendo comerciantes, pescadores artesanais, usuários náuticos e representantes de organizações governamentais e não-governamentais, apurou que 90% dos entrevistados vê na implantação do Complexo Náutico e Ambiental de Itajaí uma importante ferramenta para o desenvolvimento do turismo na cidade. Do universo pesquisado, 21,6% acham que o projeto deve ser relacionado a preservação ambiental, 19,2% defendem a implantação de infraestrutura turística e 16,8% são a favor da implantação de infraestrutura náutica. Bellini destaca que o projeto da marina está relacionado também a projetos de preservação do Saco da Fazenda. “Jamais lançaríamos um projeto para degradar o meio ambiente e sim com amplo foco na preservação ambiental”, enfatiza. Bellini exemplifica com o caso da marina de Barcelona, na Espanha, que foi construída em área bastante degradada e que foi responsável pela recuperação ambiental do local.
  • Enviar para amigo
  • Imprimir
  • Link:

Enviar notícia para amigo






Rua Blumenau, 05 | CEP 88.305-101 | Centro | Itajaí | Santa Catarina | Brasil
Telefone: [+55] 47 3341 8000