Prefeitura Municipal de Itajaí

18/06/2021

Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes atingem marca histórica na movimentação de toneladas.

Margem direita do rio (porto púbico e APMT) registra alto índice de movimentação em maio deste ano.

Itajaí, 21 de Junho de 2021.

Superintendência do Porto de Itajaí – SPI.

Secretaria Geral de Comunicação Social - SECOM.

 

Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes atingem marca histórica na movimentação de toneladas.

Margem direita do rio (porto púbico e APMT) registra alto índice de movimentação em maio deste ano.

 

O Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes permanece em evidência após registrar 99 escalas (atracações), e um aumento relativo a 54% na movimentação em toneladas, em comparativo ao mês de maio do ano anterior, determinando desta forma, a melhor movimentação histórica já registrada. Os números apontam 1.842.647 na movimentação de cargas (toneladas) contra 1.194.226 no mesmo período do ano anterior.

Na movimentação de contêineres, a APM Terminals (empresa arrendatária do porto de Itajaí – berços 01 e 02), obteve um crescimento de 12% em relação a quantidade de TEU’S (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés), registrando uma movimentação de 51.293 contra 45.646 em comparativo ao mês de maio, do ano anterior.

Especificamente no mesmo mês, foi registrada uma movimentação expressiva em termos de toneladas, totalizando 580.820 contra 491.967 em comparativono mesmo período do ano anterior, resultando em um crescimento de 18%.

A movimentação acumulada do ano no cais/porto público (berços 03 e 04), e berços da APM terminals, obteve um resultado de 2.621.546 toneladas com168 escalas contra 2.398.329 em202 escalas no mesmo período do ano anterior (janeiro a maio), notando-se um crescimento de 9% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram movimentadas 2.398.329 toneladas em202 escalas atendidas.

O Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga, ressalta a competência de todos os trabalhadores portuários, cuja eficiência e comprometimento refletem no aumento gradual das movimentações, proporcionando um novo índice histórico de movimentação no complexo:

“Esse cenário que felizmente vem se repetindo, mês após mês de crescimento na movimentação, demonstra que é um crescimento sólido e eficaz. Um dos motivos que geraram este movimento excepcional, é a excelência das operações portuárias no nosso complexo. Quando em um mês, aumenta 54% na tonelagem de cargas movimentadas, isso demonstra que os importadores e exportadores nos escolheram pela eficiência no porto. Mesmo já estando com uma alta ocupação conseguimos melhorar as operações, sendo mais eficientes, mais rápidos, o que tem possibilitado mesmo com a alta ocupação, aumentarmos em 18% na movimentação de toneladas e também em 12% na movimentação de contêineres. Além da nossa eficiência operacional aqui no porto público e terminal arrendado, a de se dizer, que todo o complexo é eficiente, a Portonave tem demonstrado um crescimento incrível, muito disso se deve a primeira etapa da nova Bacia de Evolução, que foi uma medida arrojada a época, ”destaca Fábio.

O terminal PORTONAVE (Porto de Navegantes),registroudurante o mês de maio, umamovimentação total de cargasde 1.216.652 toneladas, com 55 escalas, elevando a movimentação acumulada do ano para 257 escalas com 5.102.168toneladas, registrando-se um crescimento de 47% em relação ao mesmo período do ano anterior, a qual somou 216 escalas registradas com 3.481.808toneladas. Os demais terminais privativos também registraram movimentações significativas de navios e cargas no mês de maio.

O Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, acredita que os índices de movimentação possuem grandes chances de aprimoramento nos próximos meses, com base nos alcances que o complexo portuário adquiriu.

“Com o passar dos últimos anos, o porto de Itajaí vem sendo frequentemente motivo de orgulho para a nossa cidade e país, devido ao sucesso das operações realizadas e as demais movimentações registradas. O resultado dos novos índices de movimentação no complexo portuário são consequências dos esforços dos trabalhadores de todos os setores, que diariamente demonstram empenho e dedicação, refletindo dessa forma, em cada nova porcentagem elevada. Nessa circunstância eu quero enaltecer a garra, e toda a determinação que vem se constituindo com uma grande união de forças, para manter o porto em movimento em meio as dificuldades que a pandemia da COVID-19 nos posicionou”, comentou Volnei Morastoni.

Amovimentação acumuladado ano (janeiro a maio)noComplexo Portuário de Itajaí e Navegantes totalizou 456escalas (atracações) com 7.856.316 toneladas, certificando um crescimento de 32% em relação ao mesmo período do ano anterior, onde foram realizadas 436 escalas, com 5.936.856 toneladas, visto que,no número de escalas realizadas verificou-se um crescimentode 5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“No começo da pandemia nós tínhamos uma preocupação muito grande com a economia de Itajaí, e mesmo com todas as dificuldades que a pandemia impõe, a economia da cidade conseguiu vencer, perante todos os números positivos apresentados. Nós vivemos em uma época que se não houvesse a pandemia, esses números que estão sendo apresentados já seriam motivos de alta comemoração, a cidade realmente se supera e o Porto de Itajaí mostra ser uma grande propulsora para a cidade”, comenta o Vice-Prefeito de Itajaí Marcelo Sodré.

As exportações no complexo portuário durante o mês de maio representaram 55% no sentido das cargas, e as importações 45%, “São números que indicam uma recuperação da economia como um todo, ou seja, tanto na parte da exportação quanto importação. Também é significativo falar que esperamos para o mês de junho manter esses números, e, com isso, vamos fechar o semestre com um crescimento melhor que o primeiro semestre do ano anterior, ” destaca Heder Cassiano Moritz, Diretor Geral de Operações Logísticas da Superintendência do Porto de Itajaí.

As principais exportações registradas foram o frango congelado (29,9%), carnes (bovina e suína – 33,5%), madeira e derivados (111,2%), mecânicos e eletrônicos (51,8%), alimentos em geral (25,4%), maçã (80,3%), fumo (3,9%). As importações mais significativas ainda no mês de maio foram os mecânicos e eletrônicos (111,7%),produtos químicos (122,6%), têxteis diversos (113,6%), plásticos e borrachas (130,8%), alimentos gerais (23,3%).

A participação do porto de Itajaí em relação aos índices econômicos na corrente de comércio foi responsável por um crescimento de 4,2% no Brasil e 60,7% no Estado de Santa Catarina.   

 “Esses resultados são frutos de uma economia que vem se aquecendo do trabalho de todos aqueles que estão envolvidos na movimentação de comércio exterior e transporte marítimo, assim como do complexo portuário que fez investimentos, como a nova Bacia de Evolução que já alcançou a marca de 500 giros (manobras). Isso tem sido importante para que Itajaí continue sendo atrativa comercialmente falando, principalmente no segmento de cargas de contêineres, ” conclui Heder Cassiano Moritz.

Obs: O relatório completo de estatísticas referente ao mês de maio de 2021 pode ser conferido no link abaixo:

http://www.portoitajai.com.br/novo/estatisticas/228/Estat%C3%ADstica%20de%20Maio%20de%202021

 

Mais informações:

Fábio da Veiga– Superintendente do Porto de Itajaí.

Heder Cassiano Moritz– Diretor Geral de Operações Logísticas. (47) 3341- 8029 - heder@portoitajai.com.br

*Texto: Bianca Luca - Estagiária da SECOM/COAMB –SPI. (47) 3341-8304.

*Foto: Luciano Sens – Secretário Geral de Comunicação Social SECOM/SPI.

*Revisão de Dados Estatísticos: Alan Peter Rosa – Agente de Autoridade Portuária (47) 3341-8047.

  • Enviar para amigo
  • Imprimir
  • Link:

Enviar notícia para amigo






Rua Blumenau, 05 | CEP 88.305-101 | Centro | Itajaí | Santa Catarina | Brasil
Telefone: [+55] 47 3341 8000