Prefeitura Municipal de Itajaí

16/06/2020

Maior navio full container a operar na costa brasileira atracou nessa terça-feira (16) no Complexo Portuário de Itajaí.

O APL Paris, de 347,40 metros de comprimento e é um marco histórico para a comunidade portuária de Itajaí e Navegantes.

Itajaí, 16 de junho de 2020.

Superintendência do Porto de Itajaí – SPI.

Secretaria Geral de Comunicação Social – SECOM.

 

Maior navio full container a operar na costa brasileira atracou nessa terça-feira (16) no Complexo Portuário de Itajaí.

O APL Paris, de 347,40 metros de comprimento e é um marco histórico para a comunidade portuária de Itajaí e Navegantes.

 

O APL Paris, maior navio full contêiner a atracar em portos brasileiros, chegou nessa terça-feira (16) ao Complexo Portuário de Itajaí. Ele tem 347,40 metros de comprimento e 45,2 metros de largura (boca), com capacidade para transportar até 10.798 TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés). O navio pertence ao armador CMA CGM, com bandeira da Singapura e vem do Porto de Caucedo (Santo Domingo, Republica Dominicana).

A embarcação entrou no canal de acesso ao Complexo Portuário de Itajaí de proa (frente) e atracou no berço 03 da Portonave. A manobra teve início às 12:55h e foi finalizada com sucesso as 14:02h.

As manobras com essa classe de navios, denominados ItajaíMax - navios de até 350 metros, que é o tamanho máximo que pode ser operado nesse momento no Complexo -  são resultado do planejamento, dos estudos e do treinamento de todos os envolvidos, para que essas embarcações possam operar de forma viável e segura, como reforça Wallace Siqueira Bezerra, Presidente da Praticagem:

“Para que essa manobra pudesse ser realizada com segurança, foi um longo período de estudos, planejamento, treinamentos, simulações e manobras anteriores a essa, que nos atestaram que é viável para nosso Complexo receber navios dessa classe. É um momento de alegria para nós, em que cada um, dentro de sua área, teve uma contribuição significativa para que isso se realizasse e o nosso complexocontinue se desenvolvendo de forma eficiente e eficaz, mas, primordialmente, com segurança”.

Na quarta-feira (17), o navio parte para o Porto de Singapura. A embarcação saíra de popa (ré) do berço 03 da Portonave e será rebocada até a área da Nova Bacia de Evolução, na Baía Afonso Wippel, onde realizará um giro de 180° e na sequencia segue seu destino marítimo.

O início da manobra está previsto para às 12h (meio-dia), mas o horário pode sofrer alterações devido as melhores condições climáticas e de maré para a saída e respectivo giro da embarcação.

“Desde o início dessa gestão, o prefeito Volnei nos deu a orientação de adequar o Complexo e torná-lo competitivo, diante do cenário mercadológico que vivenciamos hoje no sul do Brasil. Iniciamos com a dragagem e recuperação de profundidade, a conclusão dos berços, a readequação do canal com a nova bacia de evolução e os testes que agora estão demonstrando, graças a Deus, eficazes. Fico muito feliz com esse marco, que é girar na Bacia de Evolução o maior navio full contêiner que já frequentou a costa brasileira. Isso é bom para o Complexo, mostra sua competitividade e melhora ainda mais as condições do trabalho que estamos realizando, principalmente nesse novo processo de arrendamento, que está sendo preparado junto a Secretaria Nacional de Portos e a EPL (Empresa de Planejamento e Logística) ”, destaca o Engº Marcelo Werner Salles, Superintendente do Porto de Itajaí.

Em termos de comparações com o comprimento do navio APL Paris, o mesmo é mais comprido até mesmo que a Torre Eiffel em Paris (França), com 324 metros de altura, superior ainda na extensão ao equivalente de 3 campos e meio de futebol e ainda mais comprido que o maior prédio (em construção) no Brasil, localizado na cidade vizinha de Balneário Camboriú com 280 metros de altura.

O Diretor Superintendente Administrativo da Portonave, Osmari de Castilho Ribas, enfatiza que a chegada desses grandes navios é resultado de um grande conjunto de esforço coletivo:

“O desenvolvimento da infraestrutura e da estratégia estabelecida em conjunto pelos integrantes do Complexo, nos possibilitaram manter elevado nível de operações e, assim, atender às demandas das linhas de navegação e proporcionar crescimento econômico”.

Por serem consideradas manobras especiais, as entradas e saídas de navios com mais de 306 metros exigem a interdição do canal de acesso ao Complexo Portuário de Itajaí, no trecho compreendido entre a Portonave e a entrada do canal.

Para o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, o momento é histórico para o Complexo Portuário de Itajaí:

“Simplesmente é motivo de orgulho e satisfação do dever cumprido. Ganha Itajaí, ganha Navegantes, ganha o complexo num todo, e, principalmente ganha Santa Catarina por se destacar no cenário portuário nacional e internacional. Meus sinceros agradecimentos a todos os envolvidos por esta operação que já tem tudo para darmos início a um novo ciclo através da potência que nossos portos possuem”, destaca o prefeito Volnei.

Para a entrada do APL Paris, o canal foi interditado as 12:55h e liberado as 13:57h. A travessia do ferry boat foi paralisada as 13:35h e retomada as 13:43h (08 minutos de interdição).

O objetivo é para garantir a segurança da manobra e de todos os que trafegam pelo Canal. Amanhã essa situação se repete para a saída do navio. A previsão é que a manobra inicie as 12h, com interrupção do canal entre 12h e 14h. A travessia no ferry boat e a navegação no canal podem ser liberadas antes desse horário, dependendo do andamento da manobra.

A manobra foi coordenada e monitorada pela Marinha do Brasil, (Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí), Superintendência do Porto de Itajaí, Praticagem, Terminais Portuários (APMT e Portonave) e pela empresa de rebocadores. Para a organização do trânsito e bloqueio de entrada e saída do ferry boat, a Codetran (Itajaí) e Navetran (Navegantes) prestarão o apoio necessário, assim como a Guarda Portuária que atua em terra e no bloqueio do canal de acesso.

A chegada de uma embarcação desse porte é a concretização de um sonho para a comunidade portuária de Itajaí e Navegantes e reflete o trabalho e empenho de muitas pessoas para a realização de todas as obras e ações necessárias na viabilização dessas manobras.

“Eu acho que todos nós que trabalhamos nessa área ficamos muito felizes em ter essa possibilidade de receber essas cargas e ter condições para receber esses navios. É um momento único, para todos nós, para a comunidade de Itajaí que sempre faz a diferença, quando apoia politicamente, quando ajuda na capitação de recursos, quando efetivamente ela torce para o crescimento da atividade”, finaliza Marcelo Werner Salles.

 

Mais informações:

*Luciano Sens - Secretário Geral de Comunicação Social da Superintendência do Porto de Itajaí. (Jornalista DRT-SC 00973/JP).

*Texto: Ana Pula Baticini (Estagiária da Secretaria Geral de Comunicação Social da Superintendência do Porto de Itajaí).

*Fotos: Luciano Sens.

(47) 3341-8067.

  • Enviar para amigo
  • Imprimir
  • Link:

Enviar notícia para amigo






Rua Blumenau, 05 | CEP 88.305-101 | Centro | Itajaí | Santa Catarina | Brasil
Telefone: [+55] 47 3341 8000