Prefeitura Municipal de Itajaí

25/10/2018

Gerência do Meio Ambiente realiza SEMANA DO LIXO ZERO.

Ação busca conscientizar servidores sobre uso racional de copos e derivados de plásticos.

Gerência do Meio Ambiente realiza SEMANA DO LIXO ZERO.

Ação busca conscientizar servidores sobre uso racional de copos e derivados de plásticos.

 

Nesta semana, de 22 a 26 de outubro, a Superintendência do Porto de Itajaí, através da Gerência do Meio Ambiente (GEAMB), realiza a campanha intitulada “SEMANA DO LIXO ZERO”, oportunizando palestras e ações pela equipe de como usar racionalmente diversos materiais do dia-a-dia ou até mesmo como substituí-los por opções mais sustentáveis.

SUBSTITUINDO O COPINHO PLÁSTICO:

O tema central e personagem principal da campanha, o “copo plástico” tem uma produção de 720 milhões de unidades só no Brasil, e é o resíduo sólido urbano com maior potencial para reciclagem, porém, a maior parte do descarte avulso acaba sendo direcionado para aterros sanitários ou de maneira inadequada lançados em ruas, praias, parques, rios, e outros locais.

Na Superintendência do Porto de Itajaí, a abordagem foi focada para este exato uso em excesso, onde todos os setores foram incentivados a não usarem copos plástico para suas bebidas, e sim trazer canecas ou garrafas pet para uso, sendo uma ideia que incentiva o uso permanente.

PALESTRAS:

Na quarta-feira (24), foi realizado no Auditório Martin Schmeling a palestra “Reciclando os resíduos de bitucas gerados na UNIVALI”, ministrada pelo acadêmico do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, Leonardo Sperotto.

O Projeto Reciclando Resíduos de Cigarro visa dar uma gestão adequada aos resíduos de cigarro descartados na UNIVALI-ITAJAÍ, tendo em vista uma proposta de um tratamento apropriado e uma reutilização destes resíduos, assim como a conscientização sobre as causas geradas pelo descarte incorreto dos resíduos.

A ideia foca em produzir BOMBAS SEMENTES como produto resultante da biodigestão dos resíduos de cigarro. Sendo o Tratamento feito através da silagem de microrganismos e a Reutilização do material na confecção das Bombas Sementes, estas bombas foram feitas para mostrar que uma pode ter efeito positivo ao mundo e são utilizadas para reconstruir áreas degradadas.

Por não ser biodegradável, a bituca de cigarro se torna um grande vilão ambiental, onde seu descarte impróprio em praias, parques e vias urbanas acabam parando nos nossos rios e oceano.

Outro fator negativo é o fato de que cada bituca de cigarro contenha mais de 4,7 mil substâncias tóxicas, o que prejudica o solo e acaba contaminando rios e córregos. Essa relativa demora na decomposição se deve ao fato de que 95% dos filtros de cigarros são compostos de acetato de celulose, de difícil degradação.

Para esta sexta-feira, 26, é esperado às 16h a palestra com a empresa Ambiental Transporte de Resíduos sobre o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS do Porto de Itajaí, ministrada pelo Eng. Ambiental Everton Maestri no auditório da Superintendência do Porto de Itajaí.

Todos os servidores da Superintendência do Porto de Itajaí estão convidados para prestigiar o evento.

Com informações de:

Plataforma-Ecycle.
Livia Ceccon - Estagiária da Gerência do Meio Ambiente.

Médelin Pitrez dos Santos – Gerente de Meio Ambiente.

(47) 3341-8065.

Texto: Fabrício Zarrilli Pereira - Estagiário Assessoria de Comunicação.

(47) 3341-8067.

  • Enviar para amigo
  • Imprimir
  • Link:

Enviar notícia para amigo






Rua Blumenau, 05 | CEP 88.305-101 | Centro | Itajaí | Santa Catarina | Brasil
Telefone: [+55] 47 3341 8000