Prefeitura Municipal de Itajaí

01/10/2018

Assinada Ordem de Serviço para Estudos Teóricos e Execução de Simulações Náuticas e Treinamento com a Praticagem.

Serviços serão fundamentais para o novo acesso aquaviário do Complexo Portuário de Itajaí.

Assinada Ordem de Serviço para Estudos Teóricos e Execução de Simulações Náuticas e Treinamento com a Praticagem.

Serviços serão fundamentais para o novo acesso aquaviário do Complexo Portuário de Itajaí.

 

Foi assinada na quinta-feira, 27, a Ordem de Serviço para dar início aos Estudos Teóricos, Execução de Simulações Náuticas e Treinamento com os profissionais da Praticagem que atuam no Complexo Portuário de Itajaí.

Um encontro foi promovido pela Superintendência do Porto de Itajaí (Autoridade Portuária) e na oportunidade contou com a presença dos membros da Praticagem de Itajaí e dos representantes da empresa vencedora da licitação - Consórcio TECHNOMAR - Engenharia Oceânica/STC da Holanda e I4SEA.

Em 18 abril deste ano foi apresentado pela Superintendência do Porto de Itajaí um Termo de Referência e nele especificava todos os conceitos e regras que precisariam ser implantadas para o novo acesso aquaviário, tendo em vista as obras da primeira etapa da Bacia de Evolução prevista para ser concluída em novembro deste ano. Quando as obras da Bacia iniciaram em março de 2016, estudos técnicos já apontavam a real necessidade do complexo em receber navios maiores (embarcações de grande porte), e assim dar margem e participação para a concorrência do mercado portuário.

No dia 4 de julho foi lançado o Edital de Publicação, sendo o contrato assinado na primeira quinzena de setembro e na última quinta-feira realizado o ato de assinatura da Ordem de Serviço. Quatro empresas (licitantes) participaram do pregão através de uma concorrência internacional com a participação direta de Consórcios, ou seja: quando várias empresas se reúnem para participar de uma licitação.

Essencial para o Complexo Portuário de Itajaí em receber navios maiores, todos os profissionais da Praticagem terão a oportunidade de realizar simulações náuticas em simuladores, em São Paulo (centro de infraestrutura de simulações da TECHNOMAR), e subsequente passarão por testes em Roterdã, na Holanda com os simuladores Full Mission Bridge Simulator (Simulador de Ponte de Comando de Missão Completa), pois atende as diretrizes de navegação Práticos e Rebocadores.

Atualmente o Complexo Portuário de Itajaí recebe os trabalhos de dezessete profissionais habilitados pela Praticagem. Com previsão de seis meses de trabalhos, após a conclusão da primeira etapa das obras da Bacia de Evolução, o complexo receberá grandes embarcações e com estes treinos, os práticos estarão aptos a realizarem manobras com navios de dois tipos de dimensões diferentes, desde 339, m de comprimento e boca de 48m (largura) até 366m de comprimento e boca de 51m (largura).

“É fundamental fazermos esses trabalhos de simulações e treinos. Assim teremos certeza se estamos avançando dentro do potencial que é possível aqui no complexo portuário de Itajaí, melhor ainda é aumentar a capacidade de dimensões para que os navios maiores possam adentrar, pois assim a competividade entre portos que já é grande, fará com que o Porto de Itajaí permaneça sempre em atividade”, destacou Jorge Brusch Esquierdo – Presidente da Praticagem de Itajaí.

O prazo do contrato prevê para seis meses os serviços, sendo realizados pela sequência: Emissão da Ordem de Serviços, mobilização e  instalação de equipamentos de medição, Medição hidrográfica e meteorológica (corrente, direção, ondas e vento), Estudo Simplificado (Desk Study - Pesquisa e recuperação das séries históricas hidrológicas, climáticas, meteorológicas, hidrográficas e hidrodinâmicas da foz do Rio Itajaí-Açu, necessárias ao pleno entendimento das operações náuticas do Complexo Portuário do Porto de Itajaí. Realização de estudo teórico, contemplando avaliação analíticas das características geométricas do canal projetado, incluindo: largura (curvas e trechos retos), dimensões da bacia de evolução e distância e espaço para manobra, Simulações Náuticas e Validação de Acesso Aquaviário Projetado, Treinamento com a Praticagem e entrega do relatório técnico final.

De acordo com o Superintendente do Porto de Itajaí, Engº Marcelo Werner Salles, esta contratação se faz necessária devido ao andamento de grandes obras como a Bacia de Evolução e o realinhamento do molhe norte, paralelas a readequação do novo acesso aquaviário ao Complexo Portuário de Itajaí, “Nós temos que se adequar as instalações de infraestrutura do Porto de Itajaí, pois à partir do ano que vem, navios de grande porte estarão frequentando a costa brasileira e consequentemente o Porto de Itajaí e terminais vizinhos. Sem dúvida trata-se de um passo importante de modernização estratégica que vem ocorrendo em nosso complexo e só assim nos manteremos numa condição concorrencial deste mercado cada vez mais seletivo”, afirmou Salles.

“Todas as simulações náuticas serão realizadas com a participação de membros da Marinha (Autoridade Maritima), Superintendência do Porto de Itajaí (Autoridade Portuária), e Praticagem, cujas normas e procedimentos adotados para estes serviços seguem padrões exigidos. De acordo com o Termo de Referência, elaborado pela Superintendência do Porto de Itajaí, foram elaborados importantes requisitos”, acrescentou o Diretor Técnico da Superintendência do Porto de Itajaí, Engº André Pimentel.

Ao término dos trabalhos de simulações e treinos, a licitante (empresa/consórcio vencedor da licitação), apresentará e discutirá em conjunto com a Autoridade Marítima, Autoridade Portuária e Praticagem, todos os resultados executados de acordo com o contrato, mediante os estudos de simulação e treinamento.

“Nosso compromisso será a realização de um trabalho muito intenso e acima de tudo profissional, pois as empresas que são deste consórcio, já apresentam experiência no mundo, e uma depende da outra para a realização e sucesso deste serviço”, conclui Felipe Rateiro – Diretor da empresa Engenharia Oceânica TECHNOMAR.

 

SIMULAÇÕES E TREINOS PRÓXIMO AO CASCO SOÇOBRADO - NAVIO PALLAS:

Considerando que no decorrer das obras de implantação da nova bacia de evolução, a empresa contratada deparou-se com a ocorrência de resistência de material do fundo e objetos submersos nas áreas de abrangência das obras (adjacente ao limite norte da Bacia de Evolução).

A Superintendência do Porto de Itajaí deu sequência à realização de mergulhos de inspeção, visando identificar a natureza e dimensões de objeto submerso não identificado, sendo constatada a ocorrência de um casco soçobrado com cerca de 110 metros de comprimento.

De acordo com as empresas agregadas do consórcio vencedor da licitação, estudos foram elaborados desenvolvendo uma nova proposta, intermediária, de Bacia de Evolução com diâmetro de 486,00m, desviando do casco soçobrado. Para esse item, deverão ser estudadas duas opções de Bacia de Evolução, sendo a final com 530m de diâmetros e a intermediária com 486,00m de diâmetro. Consta nos autos a segurança de navegação do canal de acesso ao Complexo Portuário de Itajaí e preservação da região onde se encontra naufragado o navio Pallas.

 

Mais informações:

André Pimentel -  Diretor Técnico da Superintendência do Porto de Itajaí.

(47) 3341-8040 (DITEC/SPI).

E-mail: projetos@portoitajai.com.br

  • Enviar para amigo
  • Imprimir
  • Link:

Enviar notícia para amigo






Rua Blumenau, 05 | CEP 88.305-101 | Centro | Itajaí | Santa Catarina | Brasil
Telefone: [+55] 47 3341 8000