Prefeitura Municipal de Itajaí

17/08/2018

Julho inicia segundo semestre com 200% a mais na movimentação total de cargas.

Arrendatária APM Terminals (berços 1 e 2) movimentou 272 mil toneladas a mais que julho de 2017.

Julho inicia segundo semestre com 200% a mais na movimentação total de cargas.

Arrendatária APM Terminals (berços 1 e 2) movimentou 272 mil toneladas a mais que julho de 2017.

 

A APM Terminals, empresa arrendatária do Porto de Itajaí (berços 1 e 2), obteve resultados acima da expectativa quanto a movimentação de toneladas, superando o mesmo período do ano passado com um aumento de 202%. Prova disso pode ser conferido no somatório, em que em julho de 2017 foram movimentadas 134.619 mil toneladas e em julho deste ano, sua movimentação registrou 407.164 mil toneladas.

No acumulado do ano, entre janeiro e julho deste ano, a movimentação de cargas registrou 2.304.747 toneladas, destacando um aumento de 95% a mais que o mesmo período de 2017.Com a retomada das ações, após a greve dos caminhoneiros deflagrada em maio deste ano, a APM Terminals apresentou em julho um aumento de 13 para 34 atracações, elevando a movimentação acumulada do ano para 224 atracações verificando-se um crescimento de 87% em relação ao ano anterior, que somou 120 embarcações atracadas.

Com o crescimento significativo dos números de atracações e toneladas movimentadas, a arrendatária destacou-se ainda com o aumento de 188% na comparação de contêineres movimentados, referentes ao mesmo período de julho, passando de 12.560 para 36.190 TEU’s (Unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 Pés).

“O Complexo Portuário como um todo, vem desde o começo deste ano aferido crescimentos com índices significativos. Nós temos que ter consciência que este trabalho é contínuo e para o ano que vem será fundamental que tenhamos eficiência sempre em busca do melhor. Com a conclusão dos eventos que estão em curso, como a conclusão da primeira etapa das obras da Bacia de Evolução programada para setembro, a entrega do berço 4 ainda em dezembro deste ano, nova sinalização náutica, contratação da praticagem, entre outras obras, não podemos esquecer que toda a continuidade se dará após estes eventos concluídos”, afirmou o Superintendente do Porto de Itajaí, Engº Marcelo Werner Salles.

O Complexo Portuário de Itajaí se manteve neutro quanto a comparação ao mês de Julho de 2017, em que o único dado “negativo” do relatório de estatísticas, foi com relação a quantidade de contêineres (TEU’s)  movimentados, sendo 99.277(julho 2017) para 97.142 (julho 2018), apresentando queda de -2%.

Ainda com base no mês de julho de 2018, 84 escalas foram efetuadas no Complexo Portuário do Itajaí totalizando a movimentação de 1.123.726 toneladas elevando a movimentação do ano para 575 escalas, com 7.215.342 toneladas e verificando-se um crescimento de 4% na movimentação total de cargas em relação ao mesmo período do ano anterior, que realizou 530 escalas, com 6.964.290 toneladas, sendo que, no número de escalas realizadas, destacou um crescimento de 8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No Terminal PORTONAVE (Porto de Navegantes), a movimentação realizada durante o mês de julho foi de 43 escalas elevando a movimentação acumulada do ano para 309 navios atracados, registrando uma queda de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior, que totalizou 368 navios atracados. Na movimentação total de cargas durante o mês de julho, 687.256 toneladas foram registradas, elevando a movimentação acumulada do ano para 4.744.727 toneladas, registrando-se uma queda de 15% em relação ao mesmo período do ano anterior, que somou 5.610.201 toneladas.

Quanto as operações de contêineres (TEU’s), em julho foram movimentados 60.952 unidades (652.553 toneladas - representando 63% da movimentação total de cargas contêinerizadas registradas no Complexo Portuário do Itajaí), elevando a movimentação acumulada do ano para 438.793 TEU’s com 4.460.149 toneladas observando-se uma queda de 15% em relação ao mesmo período do anto anterior, que somou 514.187 TEU’s com 5.234.814 toneladas.

Para o Assessor de Direção da Superintendência do Porto de Itajaí, Héder Cassiano Moritz, o indicativo histórico do segundo semestre, em específico julho, sua movimentação vem mantendo um patamar de acordo com os últimos meses quanto ao número de navios atracados, sem oscilações, demonstrando que a movimentação de navios no complexo Portuário está mantendo padrões consolidados dentro do período de 2018:

“Tivemos o melhor mês do ano na movimentação de cargas com 1.123.726 toneladas e ainda na movimentação de contêineres, obtivemos 97.142 unidades em todo o Complexo, sendo a segunda melhor movimentação também em 2018. Em termos gerais, a movimentação de cargas conteinerizadas em TEU’s, estamos mantendo o crescimento de 4% e até o dia 31 de julho totalizamos 649.201 contêineres movimentados. Destaco ainda em julho os números no cais comercial e APM Terminals mantendo-se em padrões muito bons com 32 navios movimentados e que registraram 87% em cargas conteirnerizadas. No seguimento de automotores, tivemos em julho o incremento de duas de três operações no total, com a movimentação de 2519 veículos importados que desembarcaram pelo Porto de Itajaí, através das operações da montadora General Motors (GM-Chevrolet), sendo uma tendência de se consolidar em nosso complexo”, finalizou Héder.

Os demais terminais privativos registraram as seguintes movimentações de navios e cargas no mês de julho:

O terminal BRASKARNE registrou 4 escalas com 14.466 toneladas elevando a movimentação acumulada do ano para 20 escalas com 97.829 toneladas, um crescimento de 24% na movimentação de cargas em relação ao mesmo período do ano anterior, que registrou 16 escalas com 78.770 toneladas movimentadas, observando-se um crescimento de 25% no número de escalas em relação ao mesmo período do ano anterior.

A TEPORTI registrou no mês Julho somente 2 escalas com 10.840 toneladas de escalas elevando a movimentação acumulada do ano para 18 escalas com 52.039 toneladas, uma queda de 29% na movimentação de cargas em relação ao ano anterior, que totalizou 19 escalas com 73.315 toneladas movimentadas,uma queda de -5% no número de escalas realizadas.

A POLY TERMINAIS registrou uma escala com 4.000 toneladas, somando a movimentação acumulada do ano para 16.000 toneladas, mas com uma queda de 29% na movimentação de cargas em relação ao mesmo período de 2017, que totalizou 6 escalas com 22.398 toneladas movimentadas, ou seja, uma queda de 33% no número de escalas realizadas.

Limitações:

No mês de julho o Complexo Portuário registrou umainterrupção de 26 horas devido à impraticabilidade da barra em decorrência dos nevoeiros que atingiram a região, e que consequentemente acabaram reduzindo a visibilidade do acesso e assim gerando o cancelamento de duas escalas por conveniência de armador.

Na comparação Mês/Ano os destaques das importações ficaram com as Cerâmicas e Vidros com um aumento de +75,4%, Madeiras e Derivados em +72,1% e Alimentos em Geral em+50,6%, os demais itens (Plásticos, borrachas, produtos químicos, etc) ficaram entre 19 a 49%.

Em função da desativação do Sistema “ALICE WEB” do MDIC (Ministério do Desenvolvimento e Comércio Exterior), e de mudanças no sistema de coleta de dados do novo sistema não foi possível coletar dados de balança comercial do sentido Exportação Total dos Portos.

Obs: O relatório completo de estatísticas referente ao mês de julho de 2018 pode ser conferido no link baixo:

http://www.portoitajai.com.br/novo/estatisticas/194/Estat%C3%ADstica%20de%20Julho%20de%202018

Mais informações:

Heder Cassiano Moritz – Assessor de Direção da Superintendência do Porto de Itajaí. (47) 3341-8029 heder@portoitajai.com.br

Com o apoio de: Alan Peter Rosa – Assessor de Direção (47) 3341-8053 / alan@portoitajai.com.br

*Texto: Fabrício Pereira - Estagiário da ASCOM (47) 3341-8067.

*Fotos: Marcos Porto/SECOM-PMI.

* Revisão: Luciano Sens - Assessor de Comunicação - ASCOM (47) 3341-8067.

 

 

 

 

 

 

  • Enviar para amigo
  • Imprimir
  • Link:

Enviar notícia para amigo






Rua Blumenau, 05 | CEP 88.305-101 | Centro | Itajaí | Santa Catarina | Brasil
Telefone: [+55] 47 3341 8000